Ceilândia e Luziânia representam o futebol do DF na Série D 2017

Foto: Foto: www.ceilandiaec.com.br, Foto: Luziânia/Divulgação.

O próximo domingo, dia 21, será um dia importante para todos nós que militamos no futebol local. Será o dia em que o Ceilândia dará o primeiro passo para quem sabe reconduzir o futebol local a uma divisão de maior destaque a nível nacional. Será um caminho cheio de percalços e com paisagens pouco vistosas. Contudo, a linha de chegada – denominada acesso – estará à espera daqueles que completarem o percurso com maior eficácia.

O Gato Preto, que conta com um elenco reforçado, estreará na Série D do Brasileirão a partir das 16h, no estádio Abadião, contra o Anápolis-GO.

Que o Ceilândia faça uma grande campanha e alcance esse tão esperado acesso para a Série C. Não há outro caminho. Se quisermos ver um time do Distrito Federal numa divisão de maior importância, o caminho até chegar lá passa necessariamente pela Série D.

Trata-se de uma competição difícil de ser disputada por várias razões. Dentre as quais a enorme dificuldade de se montar grandes elencos. Isto independe de ter ou não ter muito dinheiro. Acontece que mesmo com muita grana, que não é o caso do Ceilândia e muito menos do Luziânia, é muito complicado convencer grandes jogadores a disputar a última divisão do Campeonato Brasileiro. Até porque os melhores jogadores estão nas Séries C, B e A. Então, os dirigentes precisam ter muito conhecimento e habilidade para conseguir montar elencos realmente competitivos. Parece-me que o plantel do Ceilândia está num nível de razoável para bom. Dá para acreditar, sim, no acesso do alvinegro do DF.

Foto: Luziânia/Divulgação

Luziânia também é nosso
Apesar de estar geograficamente sediado em uma cidade goiana, o Luziânia também irá nos representar na Série D. A estreia do Azulão está programada para a próxima segunda-feira (22), às 19h30, no estádio Aníbal Batista de Toledo, em Aparecida de Goiânia-GO, contra a Aparecidense.

Com relação ao elenco, a diretoria dispensou vários atletas que não foram tão bem na disputa do Candangão. Em contrapartida, trouxe do Real Futebol Clube um pacotão com quase um time inteiro (por meio de uma parceria firmada com a diretoria do Leão do Planalto). Se essa mescla de jogadores vai dar certo, ou não, isso a gente só vai ficar sabendo com o andamento da competição, mas valem os mesmos votos de sucessos para que o Luziânia obtenha êxito nas disputas.

Share Button