Quartas de final prometem grandes emoções

Muitos dizem que a partir da segunda fase do Candangão inicia-se um novo campeonato. Eu até concordo com quem pensa assim, pois, naturalmente, as disputas passam a ser muito mais acirradas.

Normalmente, qualquer vacilo pode custar caro em mata-mata. Com isso, em tese, o medo de perder tende a atrapalhar a vontade de ganhar.

No caso do Candangão 2017, teremos grandes embates nas quartas de final. A começar pela reedição da final do campeonato passado entre Ceilândia e Luziânia. O vencedor desse confronto terá como adversário quem “sobreviver” do duelo entre Gama e Paracatu. Aliás, esse jogo também promete muito. Os mineiros gostam de dificultar a vida do Periquito.

Na outra perna do mata-mata a situação não será muito diferente. O Sobradinho, o time que mais evoluiu na reta final da fase anterior, terá pela frente o Santa Maria, outro time que demonstrou boa qualidade. Quem se sobressair desse embate pegará na semifinal o vencedor do confronto entre os “considerados clubes endinheirados” da capital do Brasil: Brasiliense x Real.  O Jacaré é uma força que dispensa muitos comentários. Já o Real terá nesse duelo a sua melhor oportunidade de afirmação. É um clube com mentalidade nova no cenário local. Tem por trás uma boa estrutura financeira, a exemplo do adversário. Mas isso não deve influenciar quando a bola rolar. Serão onze contra onze. Time por time, no entanto, o do Brasiliense é um pouco melhor.

JOGOS DE IDA
Sábado, 8/4

16h – Paracatu x Gama – Frei Norberto
16h – Santa Maria x Sobradinho – Bezerrão

Domingo, 9/4
15h30 – Luziânia x Ceilândia – Serra do Lago
15h30 – Real x Brasiliense – Mané Garrincha

JOGOS DE VOLTA
Quinta-feira, 13/4

15h30 – Ceilândia x Luziânia – Abadião

Sábado, 15/4
15h30 – Brasiliense x Real – Mané Garrincha

Domingo, 16/4
11 – Sobradinho x Santa Maria – Mané Garrincha
15h30 – Gama x Paracatu – Mané Garrincha

Conforme consta do regulamento, Gama e Brasiliense só podem se enfrentar em uma eventual final.

SEMIFINAIS
Vencedor do jogo 69/73 X Vencedor do jogo 67/71
Gama ou Paracatu  X  Ceilândia ou Luziânia

Vencedor do jogo 70/74 X Vencedor do jogo 68/72
Sobradinho ou Santa Maria X Brasiliense ou Real

O mando de campo do segundo jogo será da equipe que obtiver melhor índice técnico nas duas partidas válidas pelas quarta de final, ou seja, não será considerada a pontuação da fase de classificação.

Para citar um exemplo, se o Luziânia (classificado em oitavo lugar na primeira fase) superar o Ceilândia (líder da fase inicial) com duas vitórias, o time azulino seria o mandante do segundo jogo da semifinal contra Gama ou Paracatu (que terminaram a primeira fase na frente do Luziânia), se o vencedor desse jogo – Gama x Paracatu – se classificasse com uma vitória e um empate, por exemplo.

Share Button